Buscar
  • Michelly Cruz

Festival Varilux traz produções francesas inéditas ao País


Começou nesta quarta, 7, o Festival Varilux de Cinema Francês 2017. O evento, que contempla 55 cidades brasileiras, de Pelotas/RS à Mossoró/RN, destaca-se por trazer 19 produções inéditas que circularão não apenas nas grandes capitais do país.

Para divulgar os filmes, diretores e atores vieram à São Paulo para a abertura do festival. Noémie Saglio, diretora da comédia Tal Mãe, Tal Filha, discutiu durante a coletiva as possibilidades para uma maior divulgação de filmes, colocando-se a favor, por exemplo, de plataformas como a Netflix. “O importante é que os filmes sejam vistos pelo maior número de pessoas”, disse Saglio.

O rapper Sadek, que atua no filme Tour de France, de Rachid Djaïdani, concordou com Noémie, ampliando o debate e afirmando que novas formas de acesso são benéficas não apenas para o cinema, mas que “o mesmo vale para a música”.

Já Dominique Abel e Fiona Gordon falaram do desafio de dirigir e, ao mesmo tempo, atuar na comédia Perdidos em Paris. O filme foi o último da carreira de Emmanuelle Riva, de Amor, falecida em janeiro de 2017.

Além de Juliette Binoche, que estrela Tal Mãe, Tal Filha, o festival conta também com outros nomes mundialmente conhecidos do cinema francês. Catherine Deneuve, de Os Guarda-Chuvas do Amor, co-estrela O Reencontro, dirigido por Martin Provost. Já o casal Guillaume Canet, de Amor ou Consequência, e Marion Cotillard, de A Origem, dividem a tela em Rock`n Roll - Por Trás da Fama, filme que, além de protagonizar, Canet também dirige.

O Festival Varilux vai até o dia 21 de junho. Para conferir a programação completa, clique a aqui!