• Matheus Mans

5 filmes indispensáveis sobre a Segunda Guerra Mundial


Repare e veja: só ano passado, foram lançados mais de cinco filmes sobre a Segunda Guerra Mundial, como Os Meninos que Enganavam Nazistas, A Viagem de Fanny e O Zoológico de Varsóvia. É, sem dúvidas, um forte tema que desperta ódio, interesse e intensa curiosidade do público -- e que, aos poucos e conforme aumentam os lançamentos de filmes, fica mais batido.

Em meio ao mar de filmes sobre a temática, porém, apenas um punhado consegue ganhar destaque dos demais. Afinal, quando muitos falam sobre uma coisa, apenas uns poucos é que chamam a atenção. Por isso, o Esquina selecionou cinco filmes sobre a temática e que são indispensáveis para os fãs do gênero. São histórias que transitam entre drama, ação e comédia, mas que mantém viva a temática.

No entanto, atenção: não selecionamos filmes óbvios como Lista de Schindler ou Bastardos Inglórios. Estes são clássicos do cinema, não do gênero, e que merecem ser assistidos em qualquer momento.

Lore

Poucos filmes conseguem mostrar o "outro lado" da Guerra. Afinal, a grande maioria das produções mostra a visão dos Aliados frente aos acontecimentos tenebrosos no período. No entanto, o fantástico Lore avança um pouco na discussão. No centro da trama, vemos a vida de Lore, uma jovem de 14 anos que teve seus pais nazistas presos e que fica sozinha com os seus quatro irmãos. As atuações do filme são surpreendentes e a história é emocionante, mostrando um lado pouco explorado da Segunda Guerra Mundial no cinema. Vale a pena cavar fundo para conhecer esse filme.

A Queda

Muitos conhecem uma única cena deste belíssimo filme alemão, que virou meme instantâneo nas redes sociais -- a que Hitler, furioso, passa a gritar ordens de dentro de seu bunker. No entanto, o longa-metragem alemão A Queda é muito mais que isso. Com uma atuação definitiva de Bruno Ganz como Hitler, acompanhamos os últimos dias de vida do líder alemão, que começa a perder a guerra em definitivo e, com medo, se esconde em um bunker no centro de Berlim. A história é interessante, mas o que mais vale é o clima claustrofóbico criado pelo diretor estreante Oliver Hirschbiegel e, como já dito, pela atuação sem precedentes de Ganz.

Vá e Veja

Parece apenas mais um filme de guerra. Mas não é. Produção russa importante na década de 1980, Vá e Veja mostra, de maneira real e brutal, o que os efeitos de uma guerra podem causar em uma pessoa. O grande acerto, porém, está no roteiro: ele começa lento, quase parado, dando um panorama geral sobre o estado psicológico das pessoas na Guerra. E aí, aos poucos, vai introduzindo uma violência desenfreada e que te obriga a pausar o filme pra dar um respiro. E o final de Vá e Veja é apoteótico, traçando um verdadeiro estudo sobre a mente humana.

13 Minutos

Além de histórias que invertem a ótica da Guerra, filmes com atuações definitivas sobre o período e tramas corajosas, há também as histórias quase desconhecidas e que tornam a Segunda Guerra ainda mais interessante. É o caso do longa-metragem 13 Minutos, que mostra a tentativa de um homem em matar Hitler com uma bomba -- atitude que poderia ter evitado todo o terror da Segunda Guerra Mundial. A história é um pouco lenta demais, mas conta com uma direção firme de Hirschbiegel -- o mesmo de A Queda -- e uma boa atuação de Christian Friedel.

Olga

Quem disse que o Brasil não faz filmes sobre a Segunda Guerra Mundial? O filme, baseado no livro de Fernando Moraes e com direção de Jaime Monjardim, conta a história de Olga, uma jovem comunista que luta contra o governo Vargas no Brasil. No entanto, após fracassar numa tentativa de revolução, ela acaba deportada para a Alemanha Nazista e vive os horrores da Segunda Guerra. Apesar de alguns exageros de Monjardim e um roteiro um tanto quanto robotizado, Olga emociona e mostra o olhar do indivíduo sobre o período. É um bom filme para fugir do caos fílmico que vivemos sobre o tema e um respiro para a produção irregular do cinema brasileiro.

#Cinema #Lista #Filmes #5filmesessenciaispara