HQ brasileira, 'O Coração do Cão Negro' relembra cultura nórdica

11/07/2017

A cultura nórdica sempre foi tema recorrente na cultura pop, seja pelas mãos dos escritores Neil Gaiman e Rick Riordan ou, ainda, nas telonas com o Thor, da Marvel, e recentemente com a lenda do Rei Arthur. Por isso, não é surpresa que esta cultura também esteja sendo influência nos quadrinhos brasileiros com a história O Coração do Cão Negro, que chega ao Brasil pela editora AVEC.

 

Passada inteiramente na Irlanda medieval, durante a Era Viking, O Coração do Cão Negro acompanha a história de Anrath, que nasceu irlandês, mas foi criado dentre os vikings. No entanto, para seu azar, os dois povos o consideram um traidor por não honrar o nome de suas famílias. Rejeitado, Anrath vaga como mercenário entre os povos, sempre perseguido pelo seu passado.

 

Com esta premissa, o gaúcho Cesar Alcázar tece uma trama rápida, sem enrolações -- que acaba se tornando uma espécie de conto, com apenas 61 páginas. Assim, rapidamente a trama ganha força quando Anrath acaba caindo numa emboscada, armada por um inglês e um grupo de vikings. Antes figura de ar superior, ele acaba se tornando uma mera moeda de sacrifício nas mãos do captores.

 

Alcázar também sabe trabalhar bem viradas rápidas de trama e momentos tensos, que impressionam pela inventividade. Além disso, o autor gaúcho mostra ter domínio da cultura nórdica, trabalhando com certos elementos que podem até causar estranhamento aos que nunca tiveram contato com esta cultura, num claro conjunto de referências à Beowulf e, principalmente, à Conan, de Robert E. Howard.

 

O traço marcante e reforçado de Fred Rubim, que faz sua estreia em O Coração do Cão Negro, também deixa a trama mais carregada, mais intensa. É um traço que lembra até mesmo os clássicos contos de Hellboy, cheio de sombras e linhas pesadas. Tudo de acordo com a história delineada por Alcázar, que faz um belo casamento com os traços de Rubim. É a típica parceria que nasceu para acontecer.

 

Por fim, O Coração do Cão Negro acaba de forma repentina -- mas não irresponsável. Por isso, não seria surpresa se a HQ se transformasse em um RPG ou, ainda, em algum filme ou animação. A história está pronta para isso, e com um grande potencial de sucesso. Também tem um público cativo. Só falta encontrar os interessados em produzir alguma coisa do tipo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Título: O Coração do Cão Negro

Autor: Cesar Alcázar e Fred Rubim

Editora: AVEC

Ano: 2016, no Brasil.

Preço médio: R$ 25,00

Link para compra na Amazon: amzn.to/2t7NVv3

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Publicidade