Agenda: Peça com Denise Fraga revela a inesgotável corrupção humana

06/02/2018

No início da peça A Visita da Velha Senhora, em cartaz em curta temporada no Teatro do SESI em São Paulo, os moradores de uma cidadezinha fictícia, Güllen, estão alvoroçados. O motivo é a chegada da Claire Zachanassian (Denise Fraga), que nasceu e viveu parte de sua vida no local, mas que teve que ir embora de forma humilhante por ter engravidado de Alfred Krank (Tuca Andrada), que negou a paternidade da criança e se casou por interesse com outra moça da localidade. Agora, bilionária, Claire volta como uma pessoa ilustre e respeitável. Ela retornará à cidade para a tal da visita, deixando os moradores numa ansiedade, que é logo justificada: todos estão falidos, assim como a cidade em que moram. Portanto, Claire é a única salvação para que o local sobreviva, e com isso, eles possam permanecer morando nela.

 

Na nova montagem da peça, com tradução de Christine Röhrig e direção de Luiz Villaça, o texto do dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990), encenada pela primeira vez em 1956, se mostra atualíssimo. A premissa da peça pode ser colocada da seguinte forma: diante do dinheiro, qualquer moral pode se sucumbir. Ou seja, todos nós temos um preço. Esse será o confronto que a população de Güllen terá que enfrentar assim que Claire revelar que doará para a cidade e para seus moradores a quantia de um bilhão caso alguém mate Alfred.

 

O texto de Dürrenmatt é mordaz na sua ironia tragicômica e no pessimismo com que analisa a condição humana. “A tragédia do mundo moderno só é possível de representação no palco como comédia. A comédia é a expressão do desespero”, assim justificava o autor em relação as suas escolhas pelo riso nervoso que faz refletir.

 

A atriz Denise Fraga tem não somente um papel sob medida para sua verve cômica, mas também um texto que disseca os conflitos morais, poder, noção de ética e de justiça, que trata de assuntos importantes, sérios, pelo viés da comédia. “Brecht dizia: divertir para comunicar. Me identifico com isso. Divertir o público e mandá-lo para casa em estado de reflexão é o que tem me garantido a sensação de plenitude com o meu ofício”, explica a atriz, que brilhou nos palco em duas peças do autor alemão Bertolt Brech, A Alma Boa de Setsuan e Galileu Galilei.

 

Os acertos da montagem vão desde a escolha do elenco -- em particular Denise Fraga, que faz uma Claire histriônica e excessiva, e Tuca Andrada, que interpreta Alfred de forma contida, revelando seu lado pacato e cheio de virtudes no presente, que contrasta com a perversidade dissimulada dele no passado – até a direção de Luiz Villaça e o cenário com estruturas modulares de Ronaldo Fraga, que serve como compartimento dos personagens, que trocam de figurinos em cena ou ficam observando quando não estão atuando. As estruturas modulares também podem ser os vagões do trem que os levariam de Güllen para sempre, caso não aceitassem a proposta de Claire de matar Alfred.

           

SERVIÇOS

A Visita da Velha Senhora

Centro Cultural Fiesp – Teatro do SESI-SP

Av. Paulista, 1313, Cerqueira César – São Paulo/SP

De: Quarta a sábado, às 20h, domingo às 19h (Entrada gratuita)

Temporada: Até 18 de fevereiro

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Publicidade