Elenco e autora de 'After' falam sobre influência da história

10/04/2019

Nem o sol escaldante de uma tarde de São Paulo, no meio de maio, impediu que centenas de adolescentes se reunissem num shopping da zona sul de São Paulo. Gritos, correria, celulares levantados a todo momento. O motivo? O público, dentro de alguns momentos, iria conferir duas cenas exclusivas do filme After, que chega aos cinemas nesta quinta-feira, 12. E melhor: iria ver de perto o casal de protagonistas, Josephine Langford e Hero Fiennes-Tiffin, e a autora, Anna Todd, responsável por essa história que já vendeu 11 milhões de livros, teve 1,6 bilhão de leituras online e mobiliza paixões.

 

Durante as exibições das duas cenas exclusivas, onde o público pode ver os personagens principais se conhecendo e se aproximando, a devoção do público pelos personagens de After ficou visível. Algumas fãs, em sua maioria do gênero feminino de idade entre 13 e 15 anos, recitavam diálogos de cabeça, quase em uníssono. Muitas gritavam de empolgação, outras xingavam a vilã e exaltavam o casal principal -- principalmente quando Hero Fiennes-Tiffin, sobrinho de Ralph, que tem potencial para ser o novo queridinho dessa geração que começa a descobrir melhor o cinema e livros.

 

Em coletiva de imprensa realizada após a exibição das cenas, Anna Todd falou um pouco mais sobre essa paixão que as fãs, em todo o mundo, nutrem pela sua história. "Nunca pensei que a história chegaria nesse estágio. Só queria mostrar uma relação natural, adolescente, sem romantizar ou exagerar nos acontecimentos", contou a autora, natural de Ohio, nos Estados Unidos. "Pessoas se enxergam na história. Por isso gostam tanto."

 

Para quem não está entre o público alvo de After, pode ser difícil entender essa paixão tão fervorosa por fãs, que gritavam sem parar durante as cenas. Mas dá pra fazer um comparativo: After é para as adolescentes o que foi Cinquenta Tons de Cinza para adultos há alguns anos -- e que gerou uma trilogia bem-sucedida nos cinemas, apesar das críticas duras da imprensa especializada. Na trama de Todd, classificada como literatura hot para o público adolescente, conta-se a vida de Tessa Young, uma estudante de 18 anos que vai para a universidade e acaba conhecendo prazeres da vida sexual.

Segundo Todd, que disse ter acompanhado de perto as filmagens do longa-metragem, comandado pela cineasta Jenny Gage (do documentário All This Panic), a trama fica fiel ao livro e não há sexo explícito -- como um youtuber, durante a coletiva, tentou polemizar sem sucesso. Há, na verdade, um encontro entre duas pessoas que começam a se descobrir. "Não acho que seja uma história sobre sexualidade", explica a autora. "É o encontro de duas pessoas sensíveis durante um período de descoberta". Quando questionada quais as cenas mais desafiadoras para filmar, Todd foi determinante: "a da aposta e a do lago. São cenas importantes para a história e que deviam ser bem feitas.'

 

Elenco. Apesar de serem os mais esperados para o evento, a dupla de atores Josephine Langford (irmã da Katherine, de 13 Reasons Why) e Hero Fiennes-Tiffin não pareciam muito entusiasmados. Ela estava claramente cansada do voo de vinda ao Brasil e tinha chego ao País há apenas três horas -- não é à toa que nem conseguiu responder sobre o que mais tinha gostado no Brasil. Ele, enquanto isso, parecia mais animado. Estava descansado, vestia uma camiseta da Seleção Brasileira e respondia as questões um pouco mais animado. Falaram mais sobre a importância e responsabilidade dos papéis.

 

"É, ao mesmo tempo, um orgulho e uma responsabilidade enorme viver esses personagens escritos por Anna", afirmou Hero, com forte sotaque britânico. Ele dá vida ao adolescente Hardin Scott. "Muitos fãs amam esses personagens, sonham com eles e, enquanto leem, como eles são. Não podemos errar". Josephine apenas concordou: "Hero já disse tudo. Foi uma alegria e uma responsabilidade viver a história de After. Estamos muito animados para apresentar esse filme mundialmente", comentou a estrela teen.

 

Na saída da coletiva, as fãs ainda aguardavam ansiosamente para dar uma espiadinha na dupla de protagonistas -- e algumas estavam no shopping há, pelo menos, seis horas. Uma assessora sugeriu que elas conferissem os stories do Instagram para ver a dupla de atores, no que ela fincou o pé e disse que ficaria ali até ver Hero pessoalmente. Pessoas pararam a reportagem do Esquina para saber como eles eram, se havíamos falado com eles pessoalmente. É uma paixão adolescente com uma história que não se vê desde Crepúsculo, Harry Potter e Jogos Vorazes. A bilheteria promete. Tomara que a qualidade da produção acompanhe a quantidade de zeros que vendas vão acumular.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Publicidade