Mariana Aydar mostra suas 'veias nordestinas' em show

26/07/2019

Em quase 15 anos de carreira, Mariana Aydar conseguiu experimentar alguns gêneros como cantora e compositora, mas o forró e seus afluentes, como o xaxado, o baião e o xote, deu massa e argamassa para sua construção artística.

 

Em entrevista ao Esquina em junho, quando fez um show com seu bloco Forrozin, Mariana falou sobre sua relação com o gênero musical genuinamente nordestino, forró, que entrou na sua vida, ainda criança, quando conheceu Luiz Gonzaga.

 

Quando se lançou como cantora, em 2005, foi no forró que ela edificou sua base musical. De lá para cá, ela passeou por outros ritmos, mas nunca deixou de cantá-lo, e fazer shows ao lado de artistas como Dominguinhos e Elba Ramalho. Criou até um bloco em 2017, Forrozin, que sai durante o pré-carnaval em São Paulo.

 

O projeto híbrido Veia Nordestina, disco e documentário, começou a ser lançado em abril desde ano, quando Mariana disponibilizou nas plataformas, o primeiro EP e uma parte do documentário sobre o forró em São Paulo. Em outubro, ela lança o quarto e último EP, do disco Veia Nordestina.

A cantora começa nesta sexta, 26, na Casa Natura, a turnê de Veia Nordestina, com as músicas desse novo álbum, o sexto de sua carreira, e composições de grandes nomes do forró, como Dominguinhos e Luiz Gonzaga.

 

Nas composições que lançou em Veia Nordestina, Mariana recompõe a riqueza sonora dos ritmos nordestinos, e ao mesmo tempo incorpora muitos elementos da música contemporânea brasileira, com batidas eletrônicas e suingue funkeiro, como na envolvente Se Pendura, onde a mulher fica com quem quiser. Em outra música do novo álbum, Na Boca do Povo, a letra alerta sobre os preconceitos enraizados da cultura brasileira, e conclama que se precisamos acabá-los.

 

Em seu sexto álbum, Veia Nordestina, Mariana Aydar definitivamente aponta novos caminhos rítmicos para o forró, o xaxado, o baião e o xote, elegendo suas riquezas sonoras, e incorporando outros elementos musicais, ao mesmo tempo em que revigora a poesia do engajamento de suas letras, trazendo temas atuais como: discussão de gênero, feminismo, condição da mulher na sociedade, política, etc, mas sem perder a ternura de falar de coisas simples e da liberdade plena de ser feliz.

 

SERVIÇOS

O que? Mariana Aydar: Veia Nordestina

Onde? Casa Natura Musical. Rua Arthur de Azevedo, 2134 – Pinheiros

Quanto? 26/07, às 22h

Quanto? De R$ 50 a R$: 120.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Publicidade