Opinião: deixem 'Festa da Salsicha' e a HBO em paz!

20/09/2017

Convenhamos: Festa da Salsicha não é uma grande animação. Pelo contrário. Tem vários e vários problemas de desenvolvimento, piadas que só estão ali para chocar e uma série de situações sem nexo algum. No entanto, é uma experiência ousada de cinema que mistura comida, personagens com ares infantis e sexo. Muitas cenas de sexo sem nenhum tipo de autocensura.

 

E por que estou falando deste filme agora, já que ele foi lançado em 2016? Porque, nesta semana, o PROCON multou o canal pago HBO em cerca de R$ 2 milhões por exibir o filme num horário matinal, no qual crianças poderiam assistir Festa da Salsicha sem nenhum tipo de censura adequada para a idade. Segundo o órgão público, a emissora de TV exibiu uma “animação pornográfica”. Pois é.

 

Este debate também não é novo: a HBO começou a exibir o desenho há alguns meses, causando revolta nos pais desavisados. No entanto, ganhou este novo fôlego agora com o impedimento do PROCON para a exibição do filme. E que absurda é esta decisão! São vários os pontos a serem analisados acerca da multa e vários são os motivos para que Festa da Salsicha não sofra tal sanção.

 

Primeiro: a HBO não é e nem tem pretensão de ser infantil. Erra quem deixa seus filhos assistirem ao canal livremente. Crianças podem -- e devem -- assistir canais como Nickelondeon e Cartoon Network. Não uma emissora que exibe variedade infinita de filmes de todos os gêneros. E aliás: a HBO não é conhecida por ser pudica em suas produções, não é mesmo?

 

Outro absurdo é considerarem Festa da Salsicha um caso isolado. Há alguns poucos anos, a belíssima animação Anomalisa também poderia ter passada despercebida como apenas um programa infantil -- eu cheguei a assistir o filme na TV a cabo às 17h. Outro exemplo: South Park. Mesmo sem cenas tão ousadas quanto Festa da Salsicha, a animação passa em qualquer horário. Sem censura.

 

Porque se incomodar tanto com Festa da Salsicha? Porque levar um filme para julgamento? HBO deve ter exibido a classificação etária. Erraram os pais que não viram isso e deixaram as crianças assistirem o desenho. E pior: não há uma lei que proíba canais pagos de exibir desenhos com erotismo durante sua programação. Afinal, não é pornografia. São alimentos que simulam sexo! Não há nada explícito.

 

Este movimento, porém, mostra como as pessoas estão cada vez mais conservadoras com a arte, com o cinema. Deve-se atentar, é claro, a filmes, séries e livros que prejudiquem o funcionamento da sociedade como um todo e que não tenha valor de arte. Um vídeo que ensina a matar alguém, por exemplo, deve ser barrado e estudado. Mas pelo amor de Deus: Festa da Salsicha é uma animação satírica e que mostra alimentos numa orgia. É forte para uma criança? Claro que é! Mas o canal não é para crianças, o filme não é para crianças e o objetivo do filme não é chocar crianças.

 

O objetivo sempre foi romper barreiras e chocar a sociedade por meio de um purismo exagerado.  

 

E veja só: no Brasil, pelo menos, o resultado deu muito certo. Seth Rogen e Evan Goldberg, sem dúvidas, devem estar rindo muito da nossa cara.

 

Muito.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Publicidade