• Matheus Mans

3 motivos para assistir aos episódios da segunda temporada de 'The Boys'


A série The Boys, original e exclusiva do Amazon Prime Video, foi um dos grandes sucessos de 2019. Afinal, a partir de uma trama irônica, ácida e apimentada, a produção revertia a ideia geral das pessoas sobre os heróis. Aqui, eles são sádicos, egocêntricos e se comportam como deuses. Dão, assim, uma nova visão ao espectador, que passa a ter essa outra boa interpretação.


Agora, nesta sexta-feira, 4, chegam os novos episódios da segunda temporada de The Boys ao Amazon Prime Video. O Esquina já conferiu. E, a seguir, falamos um pouco mais sobre eles:


'The Boys' continua sendo provocativa


O grande receio com essa nova temporada era uma possível mudança de tom. Afinal, a primeira leva de episódios era forte. Provocativa. Violenta. Não tinha freios. Mais de uma vez, produtoras e estúdios acabaram fazendo mudanças radicais no tom de séries para tentar alcançar mais público e, com isso, fazer mais audiência e dinheiro. No entanto, felizmente, não é este o caso.


A segunda temporada de The Boys pega fogo -- literalmente, em alguns casos. O tom está ainda mais forte, as piadas são ainda mais afiadas. Os personagens estão mais cruéis em alguns casos. Em outros, estão mais suscetíveis ao ambiente perigoso que está se formando. É um caldeirão prestes a explodir. E, felizmente, os show runners não foram por um caminho fácil.


A história é instigante


Ainda que a história da primeira temporada seja boa, ela gasta bastante tempo se explicando. Explicando o universo, os personagens, o ambiente em que a produção se passa. Aqui, a sensação é de que as coisas evoluíram e os roteiristas entenderam isso. Compreenderam que poderiam ir além em algumas histórias, no desenvolvimento de alguns personagens. É ótimo.


A vontade é de mais


O melhor de tudo é que, no final dos episódios, a vontade é de continuar assistindo. Não é uma série que cansa, nem que se esgota muito rápido. Assim como a Marvel encontrou sua própria fórmula, The Boys soube construir seu universo. Entendeu o que faz sentido e o que não faz. Assim, criaram um escopo de desenvolvimento de personagens e trama que pode ir longe.


Por isso, nem penso duas vezes antes de recomendar a segunda temporada. Mantém o tom da primeira, eleva a força da história e se faz presente com personagens marcantes. Sem dúvidas, de alguma maneira, The Boys entrou para a cultura pop como uma das produções mais interessantes sobre heróis e poderes. E isso não é um pouco num mundo de Marvel e DC.

#Crítica #Resenha #Série #TV #AmazonPrimeVideo