• Matheus Mans

5 livros para conhecer o escritor Harlan Coben


Há pouco tempo, falamos aqui no Esquina sobre cinco filmes indicados por Harlan Coben. Autor de livros como Cilada, Não Conte a Ninguém e, mais recentemente, A Grande Ilusão, ele deixa qualquer um preso às suas páginas por conta de histórias rápidas, instigantes e que deixam qualquer um sem dormir -- não é à toa que Coben é conhecido carinhosamente por ser o “mestre das noites em claro”.

No entanto, quem não conhece sua obra pode se sentir confuso ou com dificuldades para entrar em seu universo. Afinal, apenas no Brasil, já são mais de vinte livros publicados pela Arqueiro. Alguns da série Myron Bolitar, outras de seu sobrinho Mickey e outras, ainda, de histórias independentes. Por isso, o Esquina separou cinco livros essenciais para conhecer e entrar na obra de Coben.

Não conte a ninguém

Livro independente de Coben, conta a história de um homem que é atormentado pela morte de sua esposa, supostamente assassinada alguns anos antes por um serial killer. As coisas começam a complicar, porém, quando o viúvo descobre uma série de mensagens em seu computador que indicam que a mulher ainda pode estar viva -- e por trás de uma série de crimes. É tenso e, nele, Coben trabalha a história de pessoas que “voltam dos mortos” para assombrar -- como no novo A Grande Ilusão, onde o marido morto de uma mulher aparece misteriosamente.

Quebra de Confiança

Apesar da série de Myron Bolitar não obedecer uma ordem exata, é melhor ler de acordo com a data de publicação. Por isso, o recomendado é começar pelo interessante Quebra de Confiança. Não é o melhor do autor norte-americano, mas tem uma forte aura de suspense. Nele, acompanhamos a investigação de Myron para tentar descobrir o que aconteceu com a noiva de um atleta famoso nos Estados Unidos, que desapareceu e, depois, se tornou uma estrela em um anúncio de disque sexo. É intenso e muito divertido -- afinal, é a introdução do ótimo personagem Win.

Refúgio

Série infanto-juvenil de Harlan Coben, conta a história do sobrinho de Myron, Mickey Bolitar. Atormentado pelos problemas familiares que o cercam, o garoto ainda precisa desvendar o sumiço de uma de suas melhores amigas do colégio. Com ares de filmes infantis dos anos 1980, a história é divertida, ainda que exagere em elementos sobrenaturais e de “magia”. É para adolescentes, mas deve também agradar o público órfão dos livros de Harlan Coben.

Seis Anos Depois

Outra história independente e que está prestes a ganhar adaptação nos cinemas com Hugh Jackman no papel principal. No centro da trama, acompanhamos um casal, Jake e Natalie, que se apaixonam num retiro para artistas. No entanto, as coisas saem do rumo quando a moça, sem explicações, abandona Jake e casa com Todd, um ex-namorado. A trama ganha ares policiais, porém, quando o tal Todd morre e Jake descobre que todo o casamento foi uma mentira. Ele só não imagina os riscos que envolvem a investigação dessa história. É de tirar o fôlego.

Confie em Mim

Particularmente, meu livro preferido de Coben. Nele, acompanhamos a história de dois pais que, preocupados com o comportamento cada vez mais distante de seu filho, decidem instalar um programa de monitoração no computador do garoto e, a partir daí, descobrem uma série de problemas e complicações. Apesar de ser característica comum nos livros de Coben, esta é a história mais “humana” de todos os seus livros e uma das mais emocionantes.

#LiteraturaPolicial #5livrosparaconhecer