Buscar
  • Matheus Mans

Filme com Emma Watson e animações estrangeiras chegam aos cinemas


Penúltima semana de junho tem lançamentos plurais. Além de um novo blockbuster com Emma Watson e Tom Hanks, os cinemas recebem duas animações estrangeiras e independentes, mas que são ótimas para os pequenos. Além disso, um documentário sobre as artistas Rogéria, Jane Di Castro e Valéria, além de duas produções internacionais que prometem chamar a atenção de quem gosta de filmes além de Hollywood.

O Esquina, então, reuniu as principais estreias da semana e consolidou, em cada um dos filmes, o que a imprensa fala de melhor -- e, é claro, de pior. Clicando nos títulos, você consegue ler mais sobre o filme no site do IMDB e, em todas frases destacadas, você é redirecionado para as críticas completas do Esquina e de outros sites, jornais e revistas.

Ao Cair da Noite: Filme de terror muito elogiado pela imprensa internacional, Ao Cair da Noite fala sobre um homem que, em uma floresta misteriosa, irá lutar com todas as forças contra alguma coisa sobrenatural para proteger a sua família. Parece clichê, mas a crítica já mostrou que não é: segundo o Registro Pop, "o filme desenvolve sutilmente diversos sentidos ao longo de seus atos e, seu ponto mais forte é o seu final, aparentemente ambíguo, mas que quando melhor interpretado gera uma conclusão bem sólida e direta."

Bruxarias: Animação simples, conta a história de uma garota que tenta salvar sua avó raptada por uma empresário da indústria cosmética. Para o Esquina, esta é uma animação que não serve para adultos e adolescentes, pois vai divertir apenas os pequenos. E o site Nos Bastidores afirma que o filme "acerta ao criar um enredo com uma moral bondosa para os pequenos".

Divinas Divas: Documentário brasileiro dirigido por Leandra Leal, acompanha a 1ª geração de artistas travestis do Brasil: Rogéria, Valéria, Jane di Castro, Camille K., Fujica de Holliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios. O Cine Pop afirma que o longa-metragem é uma "declaração de amor para musas pioneiras", enquanto o Cinematecando é ainda mais categórico: "é mais uma pérola do cinema nacional recente."

Frantz: Em uma pequena cidade alemã após a Primeira Guerra Mundial, Anna chora diariamente no túmulo de seu noivo, morto em uma batalha na França. Um dia, um jovem também coloca um buquê de flores no túmulo e sua presença logo inflama paixões. A crítica está dividida: o Cineset afirma que este é "mais um filme confiável do diretor François Ozon", enquanto o Adoro CInema não gostou do resultado.

Garoto Fantasma: Outra animação independente que chega aos cinemas nesta semana, Garoto Fantasma mostra uma trama intrigante onde um menino doente consegue "sair de seu corpo" e ajudar em uma investigação policial. Aqui no Esquina, achamos que o filme é leve, divertido e faz com que as animações ganhem um respiro criativo em um ano fraco.

Mulher do Pai: Filme nacional, Mulher do Pai acompanha a vida da adolescente Nalu, uma jovem que precisa cuidar do pai cego após a morte da avó. Quando o patriarca percebe que a jovem está amadurecendo, porém, surge uma desconcertante intimidade entre eles. O Esquina aprovou o resultado do filme e ainda conversou com o elenco.

O Círculo: O principal lançamento da semana, conta com Tom Hanks e Emma Watson no elenco. A história, inspirada nas grandes companhias de tecnologia, mostra a influência de uma empresa na vida de uma funcionária. O resultado está dividindo a crítica: Poltrona Nerd diz que "a história é um choque de realidade necessário", enquanto o Observatório do Cinema afirma que O Círculo é um filme indeciso.