• Matheus Mans

‘Jogos Mortais’ e filme de Agatha Christie chegam aos cinemas


Sem dúvidas, a última semana de novembro é a mais animada do mês. Primeiro, a Rainha do Crime, Agatha Christie, ganha mais uma adaptação de um de seus romances. Depois, a franquia de Jogos Mortais ganha um novo capítulo, fazendo com que os filmes sobre o vilão Jigsaw cheguem a oito. Além disso, dois dramas indies e um belo filme sobre o Van Gogh ganham espaço.

O Esquina, então, separou as principais novidades do mês e com informações precisas sobre cada um dos lançamentos. Além disso, também colocamos os comentários e críticas dos principais veículos brasileiros sobre cinema -- sejam elas positivas ou negativas. Afinal, você é quem tem a última palavra na hora de escolher um filme e dizer se ele é bom ou se é ruim.

Assassinato no Expresso do Oriente

O detetive Hercule Poirot (Kenneth Branagh, que também assume a direção) embarca de última hora no trem Expresso do Oriente. Já a bordo, ele conhece os demais passageiros e resiste à insistente aproximação de Edward Ratchett (Johnny Depp), que deseja contratá-lo para ser seu segurança particular. Na noite seguinte, Ratchett é morto em seu vagão e Poirot precisa usar suas habilidades dedutivas de forma a desvendar o crime cometido. "Algo na mistura do romantismo policial mórbido de Agatha Christie e a bombasticidade shakespeariana de Kenneth Branagh parece incrivelmente divertida para qualquer um chegado na ficção britânica", afirma o site de cinema O Vício.

Thelma

Indicado da Noruega para concorrer ao Oscar em 2018, o filme Thelma é, sem dúvidas, o mais diferente da lista -- e olha que temos Com Amor, Van Gogh. A trama acompanha a vida de Thelma, uma estudante que se muda para Oslo, longe da família, para estudar numa das melhores faculdades. No entanto, inesperadamente, ela acaba descobrindo que tem poderes sobrenaturais e, para completar, está perdidamente apaixonada. "É um filme cheio de metáfora, algumas mais óbvias que outras, mas todas muito funcionais e que dão certo peso à história como um todo", disse o Esquina, que aprovou o resultado. Já Adoro Cinema achou só mediano. "O filme é beneficiado pela construção extremamente complexa de personagens e pelas imagens belíssimas, mas se fragiliza pela condução moderada da narrativa", disse o site.

Patti Cake$

Diretamente de Nova Jersey, Patricia Dombrowski (Danielle Macdonald), também conhecida como Killa P ou ainda Patti Cake$, é uma aspirante a rapper. Com suas comoventes músicas originais, ela luta busca pela improvável glória no cenário do hip hop. Aplaudida pela avó (Cathy Moriarty) e amigos, Jheri (Siddharth Dhananjay) e Basterd (Mamoudou Athie), Patti precisa apoiar a mãe (Bridget Everett), que está passando por dificuldades. O Esquina amou o resultado final, afirmando que o filme é um releitura moderna de Cinderela e cheio de boas mensagens. No entanto, não é esta a opinião do Adoro Cinema. "Disfarçado de indie-cult-crítico social, Patti Cake$ resulta em um conservadorismo moral de orgulhar a Hollywood mais careta", afirmou o site.

Com Amor, Van Gogh

Já pensou em assistir um filme que é inteiramente feito com pinturas à óleo? Esta é a ideia de Com Amor, Van Gogh, primeiro longa-metragem a usar essa técnica. E a história parece interessantíssima: um ano após o suicídio de Van Gogh, Armand Roulin encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. O Observatório do Cinema gostou do resultado. "Com Amor, Van Gogh é realmente uma experiência e faz jus a toda sua fama imediata", afirma o site.

Jogos Mortais: Jigsaw

A franquia Jogos Mortais estava sendo dada como morta quando anunciaram o renascimento de Jigsaw. O resultado é este filme, que tem, no centro da narrativa, a investigação de uma série de assassinatos e que todas as pistas estão sendo levadas a John Kramer (Tobin Bell), o assassino mais conhecido como Jigsaw. À medida que a investigação avança, os policiais se encontram perseguindo o fantasma de um homem morto há mais de uma década. O Esquina achou o resultado satisfatório, apesar de vários erros. "O filme já mostra sinal de esgotamento na fórmula e na maneira de contar histórias. Mas, confesso, está mais divertido do que os últimos filmes", disse a crítica de Bárbara Zago.

#Estreias #Filmes #Cinema