Buscar
  • Matheus Mans

Sarau retorna aos palcos após 'sete anos de estrada'


A aspeta no título desta reportagem não foi sem querer, nem é uma extravagância do repórter. Afinal, por mais que o Sarau tenha surgido em 2012, a caminhada na estrada musical não foi contínua. O grupo, lançado pela Universal Music, tinha o objetivo de lançar novos nomes da música popular brasileira. Hoje, esses músicos se consolidaram.

No entanto, é claro, cada um seguiu seu caminho. Com a recente saída de Taís Alvarenga e Daniel Chaudon, Joana Castanheira passou a integrar o coletivo, que se prepara para gravar álbum em 2020. Outra novidade é a entrada de Tomaz Lenz, baterista que agora é membro oficial e adiciona ao repertório suas composições em inglês e português.

Dessa forma, nesta nova turnê, o Sarau fica composto por João Guarizo, Toni Ferreira, Gugu Peixoto, Fred Sommer, Tomaz Lenz, Joana Castenheira e Aureo Gandur. Cada um agora com sua carreira, alguns já consolidados, e levando toda a experiência desse percurso na bagagem e o apresentando no palco. Será interessante ver o reencontro.

E para celebrar as mudanças, a nova formação volta ao Bourbon Street, em São Paulo. No mesmo clima intimista que faz jus ao nome, o show contará com canções originais do primeiro disco, como O líder e Paira, além de inéditas, sobretudo dos novatos. Também terá participação dos artistas Fernando Anitelli, Pedro Alterio e Paulo Novaes.

Abaixo, confira bate-papo feito por WhatsApp com o cantor e compositor Toni Ferreira, um dos integrantes e voz por trás de músicas como Olha Só e Saber de uma Alma.

Esquina da Cultura: Como você vê a evolução do Sarau? Já são sete anos do grupo.

Toni Ferreira: Nós fizemos shows incríveis juntos e cada um seguiu seu caminho. Lançamos nosso trabalho solo e fomos pra estrada, todo mundo evoluiu de alguma forma.

Esquina: E a sua evolução como músico nesse período? Muita coisa mudou?

Toni: Ah, mudou sim! No ano seguinte (2013) lancei meu primeiro disco, fiz muitas apresentações, Olha Só e Saber de uma Alma tocaram bastante...

Esquina: O que esperar dos novos shows e dessa nova formação?

Toni: Esse é um encontro que a gente tenta fazer todo ano e ainda estamos conversando sobre novos shows ... talvez um no Rio, mas nada certo. Estamos super empolgados pra domingo, vai ser emocionante.

Esquina: O Sarau tem a proposta de apresentar novos nomes da MPB. Como você vê isso? Como está a “produção” de novos talentos aqui no País?

Toni: Nossa, tem muita gente talentosa, O Paulo Novaes é um deles, um "monstrinho" da música que tá vindo com tudo! Um compositor nato, canta muito!

Esquina: E o que esperar da sua carreira solo? Tem novos projetos engatilhados?

Toni: Estou trabalhando em um disco novo, chamado a quem possa interessar. Está sendo produzido pelo meu grande amigo Pedro Altério (5 a seco), e gravado no estúdio Gargolândia! Depois do carnaval vem música nova.

SERVIÇO Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP

Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 10h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h – Sem taxa de conveniência.

Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h

Data : 08/12/2019 – Domingo

Horário: 20h

Abertura da casa: 18h

Duração: 70 min. aproximadamente

Couvert Artístico: R$ 60,00

Venda - http://bit.ly/saraubourbon