Conheça 'Ico Bit Zip', primeira série original do Nat Geo Kids Brasil

18/09/2019

O que acontece entre o toque na tela do smartphone e o resultado de uma pesquisa no Google? Muitos podem dar respostas tecnológicas e científicas para esse processo, que se desenrola num piscar de olhos. Mas poucos, pouquíssimos, terão a criatividade de pensar como a série infantil Ico Bit Zip, que estreou na última semana no Nat Geo Kids.

 

Primeira produção original brasileira do canal, a série imagina um grupo de pequenas criaturas digitais que trabalham na nuvem de um buscador para encontrar as melhores respostas. Tudo ali remete ao mundo digital, como as figuras em forma de 1 e 0, os sons e até a trilha sonora original da série, que tem assinatura da cantora Gaby Amarantos.

 

"Quando conversei [com a produção] pela primeira vez, vieram com referências ao meu primeiro disco, o Treme, que tem muito tecnobrega", conta a artista ao Esquina. "É uma sonoridade que tem muito a ver com o Ico Bit Zip. Tem aquela sonoridade do computador, aquele tu-tu-tu. A música nasceu de uma forma muito visceral pra mim".

Rodrigo Soldado, um dos criadores do desenho e da produtora Copa Studios, não tirava o sorriso no rosto ao falar sobre o lançamento de seu desenho e o processo de criação.

 

"Eu tinha essa ideia há algum tempo. Afinal, parece que tudo está na internet", contextualiza Soldado. "Mas como isso é feito? Com a cabeça de desenhista, acabei por criar alguns mundinhos. As pessoas que vão correr atrás das respostas, os estagiários atrás das perguntas difíceis. Foi evoluindo até que comecei a trabalhar mais a fundo". 

 

No final, o desenho acabou seguindo um tom mais educativo, no qual mostra um personagem -- a Ico, que dá título à série -- que demora mais para conseguir os resultados. No entanto, ela sempre acaba trazendo a resposta certeira. Enquanto isso, seus colegas acabam apresentando opções mais preguiçosas e, às vezes, até roubadas.

Para Soldado, em tempos de fake news rodando por aí, é essencial que se fale sobre a temática. Por isso, por mais que a produção seja essencialmente infantil, dá tranquilamente para um adulto rir e se divertir. Há referências históricas, personagens marcantes e, principalmente, uma mensagem que deve ser absorvida por todos.

 

"É uma série muita divertida e que tem seu lado educativo. Mas também mostramos como são feitas as pesquisas e como pesquisar. Como usar a tecnologia e o que não fazer", afirma Soldado. "A Ico mostra como chegar até a resposta certa, mostra que dá trabalho, que precisa checar fontes, saber de onde vem. Precisa de pensamento crítico".

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Publicidade