Buscar
  • Matheus Mans

5 filmes independentes para assistir na Amazon Prime Video


Nos últimos tempos, o serviço de streaming Amazon Prime Video tem crescido em importância e volume. Afinal, com acordos poderosos, a plataforma tem reunido uma quantidade impressionante de filmes, séries e programas de televisão. É um mar de conteúdo e, assim como na Netflix, está se tornando cada vez mais difícil e demorada a escolha do que assistir.


Por isso, o Esquina selecionou 5 filmes independentes, fora do circuito, e que valem a pena ser assistidos. Abaixo de cada dica, também colocamos uma breve opinião. Espero que gostem!


Os Aeronautas

Filme que, inicialmente, era a aposta da Amazon para a temporada de premiação. Acabaram desistindo no meio do caminho para apostar no fraquíssimo O Relatório. Depois se arrependeram novamente. Uma bagunça. E é uma pena, já que Os Aeronautas é um filme muito competente. Com os astros Felicity Jones (Rogue One) e Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo), Os Aeronautas conta a história de dois pesquisadores que se unem para ampliar conhecimentos sobre o clima. Há uma boa dose de drama, cenas de ação e contemplação no filme, tornando-o agradável pra toda a família. Não é memorável e impecável, mas uma boa história pra conhecer.


Amantes

O cineasta James Grey tem se provado, cada vez mais, como um dos mais interessantes diretores em atividade. Mistura filosofia com os temas mais diversos, como viagens espaciais -- no excelente Ad Astra. Aqui, em Amantes, Grey conta a história de Leonard (Joaquin Phoenix), um homem que é deixado pela esposa e, com isso, decide voltar para a casa dos pais. Com isso, acaba tocando sua vida e fica dividido entre duas mulheres. Uma delas é Sarah, filha dos sócios de seus pais, e judia como ele. A outra é Michelle, sua vizinha que está apaixonada por um homem casado e pede ajuda a Leonard. Profundo, triste e real, Amantes é cinema de verdade.


A Maratona de Brittany

Filme original da Prime Video e que, infelizmente, passou batido nos cinemas brasileiros -- apesar da boa performance na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Nele, acompanhamos a história de Brittany (Jillian Bell), uma jovem mulher acima do peso e que, depois de um diagnóstico preocupante de seu médico, decide fazer exercícios físicos para perder peso. Assim, logo a corridinha ao redor da quadra de sua casa se torna algo maior. Rapidamente, Brittany se vê desafiada a participar de uma maratona e, assim, mudar totalmente o seu estilo de vida. Apesar de um pouco óbvio, é um filme que emociona e inspira.


O Escafandro e a Borboleta

Um dos filmes franceses mais interessantes da década de 2000, O Escafandro e a Borboleta é um drama "daqueles". Dirigido por Julian Schnabel (do recente No Portal da Eternidade, sobre Van Gogh), o longa acompanha a Jean-Dominique Bauby, um jornalista de 43 anos que sofre um derrame grave. Se comunicando apenas com o olho esquerdo, ele começa a escrever um livro de memórias -- e de sua experiência pós-derrame -- apenas com essas piscadelas. Destaque, principalmente, para a atuação de Mathieu Almeric. Uma das melhores do cinema francês.


Blow the Man Down

Suspense com um humor bem característico, Blow the Man Down nem passou pelos cinemas brasileiros. Foi direto pra Amazon Prime Video. Na trama, passada numa pequena vila de pescadores de Easter Cove, duas irmãs acabam de perder a mãe e passam a assumir as dívidas do lar. Quando um encontro fatídico em um bar força uma delas a matar um estranho em legítima defesa, ela pede ajuda para para a irmão, mais racional e pragmática. É a deixa para a dupla entrar numa vertiginosa história de crime e investigação. E adianto: tudo é pouco usual.

#Lista #Cinema #Filme #Filmes #Independente #DicadeStreaming