• Matheus Mans

Do melhor ao pior, todos os filmes de 'Shrek'


Na última semana, a clássica franquia de animação Shrek chegou completinha ao serviço de streaming Telecine. Os quatro filmes que mostram a história do ogro verde agora podem ser vistos e revistos na plataforma. É a oportunidade perfeita para dar novas risadas com o Burro, dançar ao som de Ricky Martin ou se divertir com a reinterpretação dos contos de fadas.


Abaixo, o Esquina assumiu a árdua tarefa de classificar os filmes da franquia Shrek, do melhor ao pior. E, é claro, deixe seu comentário dizendo qual seu filme preferido. Faça sua classificação!


Shrek 2


O segundo filme da franquia é o mais memorável. Afinal é aqui que os diretores Andrew Adamson, Conrad Vernon e Kelly Asbury aceitam a missão de expandir a história dos contos de fadas para além do ogro e de sua donzela. Vemos mais a presença de personagens já icônicos como o Pinóquio, o Biscoito, o Gato de Botas e outras figuras que entraram para o imaginário popular. E claro: é absolutamente impossível não se animar -- ou até mesmo dançar! -- com a cena musical final, embalada ao ritmo de Livin' La Vida Loca, e com um desfecho empolgante.


Shrek


Mas, também, é importante ressaltar a importância do primeiro filme da franquia, que estabeleceu as bases do que viria depois. O público, até então acostumado com as comédias simpáticas e comportadas da Disney, encontrou aqui um escape cômico nas piadas sem muitos limites de um ogro que solta pum, briga e é estressado. Sua jornada para salvar a princesa Fiona, até então um mistério, acentuam a diversão do longa. Ah, e é claro: o Burro, eternizado pela voz de Eddie Murphy, traz alguns dos momentos mais hilários dos cinemas dos anos 2000.


Shrek para Sempre


Aqui, a boa fórmula da franquia já estava esgotada. Por isso, foi esperto a Dreamworks decidir colocar um ponto final de vez -- ao contrário do que faz a Disney, que espreme tudo ao máximo. Como dito, muitas coisas não funcionam mais, nem chamam tanto a atenção. No entanto, é preciso destacar o caráter emocional deste quarto filme, que sabe criar um desfecho interessante com os principais personagens dessa franquia que acompanhou o crescimento de toda uma geração. Difícil não pôr um sorriso no rosto com os bebês de Shrek e os do Burro.


Shrek Terceiro


É um filme divertido? Sem dúvidas. É bonitinho, gostoso de assistir? Também. Afinal, não há um único filme realmente ruim em toda a franquia. Mas foi aqui que o público pode sentir que a fórmula, tão bem aproveitada nos dois primeiros filmes, não poderia ser aproveitada para sempre. As piadas são mais fracas, os risos menos frequentes. Pelo menos, aqui, deu para sentir que as coisas iam caminhar para um desfecho em breve. E, com isso, o sentimento de nostalgia acaba embalando e salvando o filme de ser uma chatice total, do início ao fim.

#Ranking #Cinema #Filmes #Filme #Streaming #Telecine