• Matheus Mans

Lista: os 6 melhores filmes de terror da atualidade


O cinema de terror, assim como qualquer produção de gênero, tem os seus altos e baixos. Às vezes, cineastas inspirados produzem obras que entram para a história, como na década de 1970 e 1990. Agora, aparentemente, estamos em um momento de forte criatividade: cada vez mais, cineastas de todo o mundo produzem obras de terror marcantes, com forte potencial para se tornarem clássicos no futuro.

Separamos cinco filmes recentes que entraram para a história do cinema de terror, seja por seu sucesso de público, por sua qualidade ou pelo impacto que causam nos seus espectadores.

'Babadook'. De origem australiana, Babadook é um exemplo de ótimo filme de terror fora do circuito de Hollywood. Aqui, uma mulher viúva tenta lidar com a morte violenta do marido enquanto busca, ao mesmo tempo, se reaproximar do filho. Neste meio tempo, porém, a história ganha ares sombrios quando um ser misterioso passa a atormentar a família. É cruel, doloroso e deixa apenas sugestões do horror -- o que é muito mais assustador do que violência gráfica. Além disso, tem um dos finais mais reflexivos e impactantes do cinema de terror atual, indo muito além de uma simples trama de espíritos e assombrações.

'Corrente do Mal'. A trama pode parecer besta e caricata, mas é muito mais impactante do que parece. Nela, acompanhamos o drama de uma garota que começa a ser perseguida por uma assombração logo após transar com um garoto. Ela, então, descobre que esta força maligna é transmitida por meio de relações sexuais, como uma doença venérea. Além dos sustos, a trama conta com um clima de filme dos anos 1980 e retoma a velha metáfora punição para o sexo antes do casamento de maneira original e inovadora. Dê uma chance para esse filme. Não vai se arrepender.

'Invasão Zumbi'. A mistura de zumbis com cinema coreano não poderia dar errado. E não deu: resultou em um dos melhores filmes de 2016 e numa verdadeira reinvenção do gênero. Em Invasão Zumbi, um pai estava levando a filha para a casa da mãe, numa viagem de trem. No meio do trajeto, porém, um vírus zumbi se espalha por todo o mundo e o pai, desesperado, tenta se salvar no trem. Além de bons efeitos gráficos, o filme consegue passar uma carga de desespero cada vez maior para o espectador por meio de um jogo de câmera inteligente e ousado, que não deixa respirar. Além disso, tem um final arrasador.

'O Segredo da Cabana'. Muitos torcem o nariz para este filme, mas ele é um dos que melhor une terror com comédia, sem perder a essência de nenhum dos dois gêneros. Na história, um grupo de jovens cheio de estereótipos vai passar um final de semana em uma cabana no meio da floresta, ao melhor estilo Bruxa de Blair. Durante a estadia, porém, eles acabam vítimas de zumbis sanguinários. A grande sacada do filme, além de não se levar a sério em alguns momentos, é a trama paralela que causa dúvidas e anseio no espectador. E, no final, temos uma cena apoteótica e que diverte qualquer fã do terror.

'Invocação do Mal'. Pode falar que é clichê, mas você não tem como negar que é impossível não colocar o filme Invocação do Mal em uma lista sobre bons filmes recentes de terror. Aqui, conta-se a história do casal Ed e Lorraine Warren, que investigam casos de atividade paranormal -- nesta história, uma entidade demoníaca em uma fazenda. Dá medo de verdade, sem abuso de jumpscares ou de violência gráfica. Tudo mérito do diretor James Wan, que cria um intenso e impactante clima de solidão em toda a película. Não é à toa que ele se tornou um dos queridinhos da nova geração de Hollywood.

'A Bruxa'. Filme que virou sensação depois de relatos de ser extremamente perturbador, A Bruxa fala sobre uma família que se isola após ser expulsa de uma comunidade pelo fanatismo religioso. Neste local, porém, coisas estranhas começam a acontecer após a filha mais nova sumir sem deixar rastros. Dividiu opiniões da crítica por ter um ritmo um pouco mais lento, o filme tem um clima angustiante e uma fotografia fria, enervante. Só de olhar para uma cena, com a intensa trilha sonora, o medo já começa a tomar conta. O final, então, eleva os padrões do cinema de terror.