Buscar
  • Matheus Mans

Resenha: 'Invista Depois de Ler' é mais do mesmo sobre finanças e investimentos


Falar sobre investimentos é uma febre. Todo mundo tenta embarcar na onda de traders, principalmente em um momento que os investimentos se tornaram mais acessíveis -- com mais plataformas digitais, mais conteúdo e menos burocracia. No mercado editorial, pensando no nicho de youtubers, já tem Orçamento sem Falhas, da Nath Finanças, e Me Poupe!, da Arcuri.


Agora, pelo selo Planeta Estratégia, chega mais um livro desse nicho: Invista Depois de Ler, de Ana Laura Magalhães, do canal Explica Ana. A obra, assim como esses outros dois títulos citados, serve como uma espécie de guia para quem está entrando no mercado de investimentos. Fala do bê-á-bá desse assunto, com um recorte popular para alcançar públicos.


Assim, ao longo de cerca de 190 páginas, Ana fala sobre os problemas da poupança, fundos de investimento, renda variável e renda fixa -- explorando vários pontos desses assuntos, como Selic, Tesouro e Ações. Para quem nunca leu nada desse tipo, e quer dar os primeiros passos no mundo das finanças, Invista Depois de Ler é uma boa porta de entrada. Didático, direto, conciso.

No entanto, para por aí. Invista Depois de Ler, primeiramente, não consegue ir além do que esses outros dois livros já apresentaram. Quem já leu Orçamento sem Falhas ou Me Poupe!, não há surpresas e pouquíssimos dados novos. Afinal, fica a sensação de que Ana buscou trazer mais opiniões gerais de mercado, sem entrar em pormenores de sua visão total do mercado.


Além disso, também dá para sentir uma mesmice para quem já acompanha o canal de Ana -- ou de Nath Finanças ou de Nathália Arcuri. Os temas passeiam pelo que os vídeos já mostraram. Inclusive, há QR Codes ao longo da leitura que redirecionam o leitor para vídeos do Explica Ana. Fica um pouco repetitivo. E, dessa forma, Invista Depois de Ler não inova e nem surpreende.


Mas é um livro ruim? De forma alguma. Como dito, Ana escreve de forma clara, a diagramação da Planeta de Livros é atrativa -- a cor roxa é convidativa para o tema. Quem nunca leu nada sobre investimentos, ou sabe muito pouco, tem aqui uma boa fonte de conteúdo. Mas fica aqui o questionamento: será que não chegamos em um momento que não tem como ir além no tema?

#Resenha #Crítica #Livro #Economia #Literatura

0 comentário