Buscar
  • Matheus Mans

Lista: 3 livros sobre santos indispensáveis (até para ateus)


Não sou religioso, não professo nenhuma fé. No entanto, confesso: gostei demais de ler esses três livros a seguir. Afinal, os autores conseguiram trazer um tom quase de reportagem para contar a história, a vida e o cotidiano de três figuras importantes para o cristianismo: a de Jesus, a de Francisco de Assis e a de Santo Antônio. Nada de blá-blá-blá religioso. Aqui, temos História.


Então, se quiser saber um pouco mais dessas três figuras, ficam aqui mais detalhes. Bons livros!


Santo Antônio


Excelente livro do jornalista brasileiro Edison Veiga, Santo Antônio acompanha a trajetória do santo mais querido do Brasil. Com uma escrita leve e que faz com que a biografia seja gostosa de ler, a obra decide não focar apenas no aspecto milagreiro e religioso de Santo Antônio, mas também em seu caráter humano. Conhecemos Antônio por trás da batina e das preces fortes.


E apesar desse foco na humanidade de uma figura histórica, Santo Antônio não deixa de ser completo. Veiga fez uma pesquisa de campo primorosa, mostrando como a fé do religioso ainda traz impactos na região de Pádua e, por mais estranho que pareça, influencia uma das festas mais populares do Brasil -- a nossa Festa Junina. Um livro pra viajar na História.


Zelota


Zelota é um acontecimento. Best-seller do The New York Times, a obra de Reza Aslan faz com que o leitor faça um mergulho completo não apenas na vida de Jesus Cristo, mas também como era a época em que ele vivia. Vemos a história da figura mais emblemática do Cristianismo a partir de uma lente mais jornalística, histórica, deixando alguns preceitos bíblicos de lado.


Com isso, temos uma das leituras mais interessantes e profundas sobre a vida, a época e o dia a dia de Jesus Cristo, num trabalho de pesquisa inacreditável. Obviamente, fiéis mais fervorosos podem se incomodar pelo tom adotado por Aslan, assim como algumas descrições que vão no sentido contrário do que é contado pela Igreja. O melhor, assim, é deixar preconceitos de lado.


Francisco de Assis


É, sem dúvidas, o livro mais simples e direto ao ponto da lista, mas com todo o poder da escrita de Hermann Hesse -- autor de obras como O Lobo da Estepe e Sidarta. Assim, ainda que o texto do autor seja rico, Francisco de Assis parece o perfil de um homem. Texto limpo, direto, seco.


Obviamente, isso não significa que seja um texto pobre. Pelo contrário: Hesse se vale dos meandros particulares da história de S. Francisco para construir uma jornada de altos e baixos e tons poderosos. A vida do santo, padroeiro dos animais, ganha status de literatura. Esqueça tudo que já leu sobre religião. Hesse tem pedigree de grandes autores. E apresenta isso aqui.

#Lista #Livros #Literatura #Religião

0 comentário