Buscar
  • Matheus Mans

Resenha: 'Além da Poesia: Volume 4' traz reflexões a partir da poesia


É mágico, e até um pouco estranho, como a poesia pode trazer diferentes reações. Há a possibilidade de se emocionar, de ter sentimentos positivos ou negativos ou, até mesmo, refletir sobre a vida, o entorno, o cotidiano e afins. Além da Poesia: Volume 4, felizmente, traz um misto dessas reflexões a partir do lirismo afiado e inteligente do intelectual Manoel Irismar Pereira.


Nome por trás de mais de 60 livros publicados e mais de mil poesias, Manoel traz os mais diversos assuntos à baila e brinca com as palavras. Temos poesias sobre o cotidiano do trabalho (Seu Vicente), armamentismo (Proposta Lucrativa) e até mesmo política (Por Que é Difícil Entender?). São temas muitas vezes áridos, mas que ganham um verniz bonito da poesia.


Dessa forma, percebe-se como Manoel Irismar Pereira sabe colocar poesia até mesmo no pouco habitual, no estranho, no banal. Com Além da Poesia: Volume 4, vemos as palavras acontecendo e colocando ordem no que podemos ver (ou sentir) nos arredores de nossa vida. E são poetas assim, como Manoel, que encantam e se fazem presentes. A poesia salta das páginas do livro.


Há algumas passagens, claro, que não surtem um efeito tão profundo -- Meu Doutor, Que Passou? acaba entregando algumas repetições já vistas antes, assim como Caridade. Os destaques acabam ficando com provocações (como o já citado Por Que é Difícil Entender?), algumas poesias quase musicadas (como o delicioso João de Barro) e lirismos (O Pão).


Além da Poesia: Volume 4, assim, é um livro rápido, para ler numa sentada, ao longo de suas 70 e poucas páginas. Dá para viajar em ideias e, assim, após virar a última página, sentir inspiração e ver a poesia no dia a dia, no cotidiano. Enfim, fica a vontade de ler todas essas mil poesias de Manoel. Aliás, pra finalizar, indico alguns vídeos no YouTube com narração do poeta. Vale a pena.

#Crítica #Resenha #Livro #Literatura #Poesia

0 comentário