• Matheus Mans

Confira a cobertura completa do 'Esquina' no BIFF 2020

Atualizado: Abr 27


Crítica: 'Encantado' escancara a política brasileira dos últimos anos. Texto sobre o longa-metragem de Filipe Galvon que analisa o processo político brasileiro a partir da eleição de Lula.


Crítica: 'Mapa dos Sonhos Latino-Americanos' faz análise social da América Latina. Documentário poético e urgente que mostra como a sociedade na AL avançou nos últimos anos.


Crítica: 'Fendas' traça paralelos entre vida, som e tempo. Texto que fala sobre o bom longa-metragem de Carlos Segundo que conta a história de uma pesquisadora em física quântica.


Crítica: 'Anna Karina, Para Você Lembrar' peca pela falta de sentimentos. Longa-metragem de abertura do BIFF faz um passeio total pela vida e carreira da atriz dinamarquesa Anna Karina.


Crítica: 'Cano Serrado' é filme maniqueísta e pouco original. Infelizmente, filme mais fraco da mostra até o momento e que mostra uma espécie de faroeste no meio do serrado brasileiro.


Crítica: 'Blue Girl' destaca importância do futebol no Oriente Médio. Filme sensível, mas mal executado, sobre uma pequena vila no Oriente Médio que tem o futebol como único escape.


Crítica: 'O Tesouro Esquecido' traz descoberta artística histórica. Texto sobre o documentário que conta a história de um colecionador de arte brasileiro com a maior coleção de arte da Alemanha.


Crítica: 'O Sonho de uma Família' mostra sonhos e realidades. Longa-metragem italiano possui uma fórmula já batida, usada por dezenas de outros filmes. Mas, ainda assim, pode emocionar.


Crítica: 'The French Teacher' é filme com problemas severos. Dirigido por uma brasileira, filme produzido nos EUA conta com deficiência de roteiro, atuação e direção. Mas chama a atenção.


Crítica: 'Me Leve para um Lugar Legal' explora realidade da Bósnia. Apesar de ser irritante e sem sentido numa primeira camada, filme é feliz ao mostrar os jovens de um país distante.


Crítica: 'Até que Você me Ame' funciona apenas como curta-metragem. Filme de suspense conta com uma boa premissa e um bom final, mas meio da história é apenas encheção de linguiça.