Buscar
  • Esquina da Cultura

Quem vence o Oscar 2021? Confira as apostas da equipe do Esquina


O Oscar 2021, sem dúvidas, será um prêmio atípico. Após um ano de tragédias por conta da pandemia do novo coronavírus, estamos de frente com uma premiação apática, sem filmes realmente grandiosos, e que mostram um pouco mais como 2020 foi fraco em termos de cinema. Mas, ainda assim, há muito a ser discutido (e celebrado) durante o Oscar deste ano.


A seguir, como já é tradicional, o Esquina fez suas apostas para cada uma das categorias do Oscar 2021. Amilton Pinheiro, Bárbara Zago, Domenico Minervino e Matheus Mans dão os seus palpites para o que vai acontecer na noite de domingo, 25, a partir das 21 horas. E não deixe de também fazer suas apostas nos comentários para fazer parte da celebração do Oscar.


Melhor Filme


Amilton Pinheiro: Nomadland Bárbara Zago: Nomadland Domenico Minervino: Meu Pai Matheus Mans: Nomadland

Melhor Direção

Amilton Pinheiro: Chloé Zhao, por Nomadland Bárbara Zago: Chloé Zhao, por Nomadland Domenico Minervino: David Fincher, por Mank Matheus Mans: Chloé Zhao, por Nomadland

Melhor Ator


Amilton Pinheiro: Chadwick Boseman, por A Voz Suprema do Blues Bárbara Zago: Chadwick Boseman, por A Voz Suprema do Blues Domenico Minervino: Anthony Hopkins, por Meu Pai Matheus Mans: Chadwick Boseman, por A Voz Suprema do Blues

Melhor Atriz Amilton Pinheiro: Carey Mulligan, por Bela Vingança Bárbara Zago: Viola Davis, por A Voz Suprema do Blues Domenico Minervino: Vanessa Kirby, por Pieces of a Woman Matheus Mans: Frances McDormand, por Nomadland

Melhor Ator Coadjuvante


Amilton Pinheiro: Daniel Kaluuya, por Judas e o Messias Negro Bárbara Zago: Daniel Kaluuya, por Judas e o Messias Negro Domenico Minervino: Leslie Odom Jr., por Judas e o Messias Negro Matheus Mans: Paul Raci, por O Som do Silêncio

Melhor Atriz Coadjuvante


Amilton Pinheiro: Yuh-Jung Youn, por Minari Bárbara Zago: Glenn Close, por Era Uma Vez um Sonho Domenico Minervino: Glenn Close, por Era Uma Vez um Sonho Matheus Mans: Glenn Close, por Era Uma Vez um Sonho

Melhor Roteiro Original


Amilton Pinheiro: Bela Vingança Bárbara Zago: Bela Vingança Domenico Minervino: Os 7 de Chicago Matheus Mans: Bela Vingança

Melhor Roteiro Adaptado


Amilton Pinheiro: Borat: Fita de Cinema Seguinte Bárbara Zago: Nomadland Domenico Minervino: Uma Noite em Miami Matheus Mans: Nomadland

Melhor Fotografia


Amilton Pinheiro: Mank Bárbara Zago: Nomadland Domenico Minervino: Nomadland Matheus Mans: Nomadland

Melhor Edição


Amilton Pinheiro: Os 7 de Chicago Bárbara Zago: Meu Pai Domenico Minervino: Meu Pai Matheus Mans: Meu Pai

Melhor Animação


Amilton Pinheiro: Soul Bárbara Zago: Soul Domenico Minervino: Soul Matheus Mans: Soul

Melhor Documentário


Amilton Pinheiro: Professor Polvo Bárbara Zago: Professor Polvo Domenico Minervino: Professor Polvo Matheus Mans: Professor Polvo

Melhor Filme Estrangeiro


Amilton Pinheiro: Druk: Mais uma Rodada Bárbara Zago: Druk: Mais uma Rodada Domenico Minervino: Druk: Mais uma Rodada Matheus Mans: Druk: Mais uma Rodada

Melhor Figurino

Amilton Pinheiro: A Voz Suprema do Blues Bárbara Zago: Emma. Domenico Minervino: Mulan Matheus Mans: Emma.

Melhor Trilha Sonora


Amilton Pinheiro: Soul Bárbara Zago: Soul Domenico Minervino: Soul Matheus Mans: Soul

Melhor Som


Amilton Pinheiro: O Som do Silêncio Bárbara Zago: O Som do Silêncio Domenico Minervino: Greyhound: Na Mira do Inimigo Matheus Mans: O Som do Silêncio

Melhor Canção Original


Amilton Pinheiro: Speak Now, de Uma Noite em Miami Bárbara Zago: Speak Now, de Uma Noite em Miami Domenico Minervino: Hear my Voice, de Os 7 de Chicago Matheus Mans: Speak Now, de Uma Noite em Miami

Melhor Maquiagem e Cabelo


Amilton Pinheiro: A Voz Suprema do Blues Bárbara Zago: A Voz Suprema do Blues Domenico Minervino: A Voz Suprema do Blues Matheus Mans: A Voz Suprema do Blues

Melhores Efeitos Especiais


Amilton Pinheiro: Tenet Bárbara Zago: Tenet Domenico Minervino: Mulan Matheus Mans: Tenet

Melhor Direção de Arte


Amilton Pinheiro: Mank Bárbara Zago: Mank Domenico Minervino: A Voz Suprema do Blues Matheus Mans: Mank


Melhor Curta-Metragem


Amilton Pinheiro: Dois Estranhos Bárbara Zago: Dois Estranhos Domenico Minervino: Dois Estranhos Matheus Mans: Dois Estranhos


Melhor Animação em Curta-Metragem


Amilton Pinheiro: Se Algo Acontecer... Te Amo Bárbara Zago: Se Algo Acontecer... Te Amo Domenico Minervino: Yes People Matheus Mans: Se Algo Acontecer... Te Amo


Melhor Documentário em Curta-Metragem


Amilton Pinheiro: Do Not Split Bárbara Zago: Uma Canção para Latasha Domenico Minervino: Do Not Split Matheus Mans: Do Not Split

0 comentário